16 de setembro de 2013

Pipa - Brasil

Conhecida como um dos destinos mais bonitos do Brasil, Pipa realmente é uma das praias mais fascinantes em que já estive! Está localizada em Tibau do Sul, a 80 quilômetros ao sul de Natal, no estado do Rio Grande do Norte e é um dos destinos mais badalados do nordeste. Fiquei hospedada em uma pousada na orla, próxima da Praia dos Amores. (Não me recordo o nome, mas ficava de frente para a praia e acho que era a única por ali.) A localização foi perfeita, afinal estava na praia e ao mesmo tempo, poucos metros da avenida principal.

Pôr de sol em Pipa
Ao chegar, dei uma volta na Avenida Baía dos Golfinhos (a principal) para comer algo e caminhei até a pousada indicada (ainda não tinha nada reservado, mas foi tranquilo). Mais tarde, fui até a praia para conhecer os arredores. O local é lindo e o pôr-do-sol foi indescritível! Vale muito a pena passar uma noite, ao menos. Por isso, se estiver em Natal e oferecerem passeio apenas para passar o dia, fuja! Vá por conta, ou contrate um pacote para pelo menos uma noite.


Depois de ficar um tempo na praia, voltei para a avenida. Passei por uma gelateria artesanal chamada Preciosa (o sorvete deles é muito bom!) e depois uma feira de artesanato. Um tempo depois, entrei em alguns locais para resolver o que ia jantar. A avenida é sempre agitada e repleta de opções!
Creperia
Pizzaria
A rua de pedra e os restaurantes bonitos, lembram Búzios-RJ. A arquitetura é linda e a decoração de cada local sempre é diferente. Acabei optando pela pizzaria Papillon, na qual fui muito bem atendida! Eles até personalizaram o sabor. Além da pizza, o mojito também estava perfeito. A noite terminou no Oz Music Bar, um dos principais da região. As bebidas eram muito bem feitas e o preço não era dos mais caros. A discotecagem variou entre diversos tipos de música atual, principalmente pop. Não faz o meu estilo, mas quem se importa? Eu estava num paraíso. :)

Golfinhos
No dia seguinte, acordei cedo e caminhei pela praia em direção ao norte, onde existem algumas falésias. O amanhecer em Pipa é incrível! E a paisagem é muito diferente para quem, como eu, mora no sul do país. A principio, a praia é tranquila, com poucas pessoas andando e alguns pescadores. Tive o azar de ser seguida por um estrangeiro bêbado até a porta da pousada... Mas esse é um fato que não gosto nem de lembrar. Contei para algumas pessoas de lá e realmente, isso não é comum. Normalmente é bem seguro.
Depois de retornar para a pousada para tomar café, fiz um passeio de veleiro que passa por várias praias. Vale a pena! Dura umas duas horas, eles param para banho e dá para ver vários golfinhos. Sem contar com a paisagem!


Amanhecer na Praia de Pipa

- Quantos dias ficar: Fiquei apenas dois dias. Dá para conhecer quase tudo, mas mesmo assim vale a pena ficar mais tempo. Afinal, vai saber quando será a próxima visita, né?

- Onde ficar: Fiquei na pousada de frente para a orla, próximo da Praia dos Amores. Achei ótimo! Para quem quiser mais agito, dá pra ficar na Avenida Baía dos Golfinhos, tem várias opções.


- Transporte: O local é super pequeno, vale a pena conhecer tudo andando! Tem quem contrate buggy, mas acho que só vale a pena se você ficar por diversos dias e quiser conhecer praias mais distantes.

- Como chegar: O aeroporto mais próximo é o de Natal (Aeroporto Augusto Severo), mas dá para chegar também pelo de João Pessoa. De lá, é possível pegar um ônibus, táxi, alugar um carro (a estrada é bem tranquila) ou contratar translado (pela internet é fácil de achar). No meu caso, cheguei por Natal, fui de carro e voltei de ônibus.

- Moeda: Além do real brasileiro, alguns locais aceitam dólares, pela grande quantidade de estrangeiros que visitam a praia. Cartão dá para usar em praticamente todos os locais, até em feiras.

Um dos restaurantes do centro
- Locais: Conheça todas as praias que puder, todas são lindíssimas! Não dá para perder de conhecer a Avenida Baía dos Golfinhos, cheia de bares, lojas e restaurantes de todos os tipos que se possa imaginar. O pôr-do sol de Pipa é um dos mais bonitos que já presenciei e os bares são contagiantes. Normalmente não sou muito de balada, mas lá é imperdível. Vale a pena jantar por lá e já ficar para um barzinho! 

- Cuidados: Parece ser muito tranquilo. Como comentei, tive o azar de ser seguida por um estrangeiro bêbado quando fui dar uma volta na praia de manhã. Mas foi exceção,o pessoal de lá nunca viu algo assim acontecendo.

- Culinária: Na rua principal tem diversos tipos de restaurantes. Desde comida japonesa e pizza (para agradar os turistas que não querem se aventurar na culinária local) até comida nordestina interiorana (com itens como carne seca) ou frutos do mar. Pelo que eu percebi, não há uma comida específica ou típica: é parecido com Natal.

- Preços: Muitos locais do nordeste tem um preço bom, mas lá não é baratoEm alguns locais, as bebidas alcóolicas tem um bom preço, mas de resto... Uma diária de pousada tem preço de um bom hotel. Uma refeição fica em torno de uns 30-40 reais, sem bebida. Um pastel pequeno na praia é quase 10 reais. Qualquer bijuteria é 30 reais. Enfim, vá preparado!

0 comentários:

Postar um comentário