24 de outubro de 2013

Conde - Brasil


Conde é uma cidade situada a 30 quilômetros de João Pessoa, no estado da Paraíba. Reúne algumas das praias mais famosas do nordeste do Brasil - como Praia do Coqueirinho e Tambaba -, tal como uma das paisagens mais deslumbrantes do estado.

Da capital paraibana, é possível contratar um buggy, um translado particular ou alugar um carro para chegar ao município de Conde. Para conhecer a cidade, acho que o buggy é a melhor opção, afinal você estará com um guia que conhece o local como ninguém. Além disso, alguns dos locais só possuem acesso através desse tipo de transporte (para chegar em determinados pontos, não há estrada, e sim uma trilha). Portanto, reserve pelo menos um dia para contratar um!
Praia dos Amores
A Barra de Gramame foi o primeiro local que conheci da cidade. Com água propícia para banho e areia clarinha, recebe muitos turistas e moradores de João Pessoa. O interessante de lá é que as áreas de areia e água se mesclam de maneira a formar desenhos na paisagem. Lá é possível comprar alimentos e bebidas (lembrando que muitas das praias da região não possuem essa estrutura).
Um pouco ao sul da Barra, está a maravilhosa Praia dos Amores. Havia gostado da Barra de Gramame, mas essa realmente me surpreendeu! Paradisíaca, é conhecida pelas formações rochosas, sendo que a mais famosa forma uma silhueta arredondada. Além do desenho formado pelas pedras, a combinação da faixa extensa de areia e dos coqueiros cria um lindo panorama de mar azul, emoldurado por falésias. Inesquecível!
A praia de Jacumã também é incrível! Com águas claras, é calma e com poucos visitantes. No mar há apenas alguns barcos pequenos, então não há quase nenhum barulho o que a torna, além de linda, ótima para descansar.
Vista das falésias - Praia do Coqueirinho
Um dos locais que não dá para deixar de visitar é a Praia do Coqueirinho. Além de ser uma das mais famosas, tem um dos cenários mais bonitos de todo o sul do estado - que já serviu de cenário para filmes e novelas. Caminhar pela praia é ótimo, mas o melhor é pedir para ir em cima das falésias que dividem Jacumã e Coqueirinho, a vista é uma das mais bonitas que já presenciei! (Para isso, é necessário contratar um buggy.)
Vale a pena passar algumas horas no Coqueirinho, pois além da praia ser ótima para banho, o local oferece uma boa estrutura. Como não tinha indicação de restaurante, escolhi um local por ter vista para o mar, mas todos os estabelecimentos parecem ter o mesmo padrão. A refeição mais comum é a comida nordestina típica (queijo coalho, feijão verde e carne de sol), mas a culinária com frutos do mar também é forte por lá. 


Cânion de Conde
Quando estiver na região, não deixe de conhecer o cânion! É um cenário composto por diferentes tons terrosos e alaranjados e o mar azul ao fundo. Demais! Esse é mais um local que é possível chegar apenas com buggy, por isso ir de carro pode não valer tanto a pena (a não ser que esteja disposto a fazer pequenas caminhadas, mas aí é necessário ter um guia).
Um local com forte apelo turístico é Tambaba, uma das últimas praias do sul de Conde. Além do lindo cenário, foi a primeira praia brasileira a permitir o naturismo e é bastante conhecida por essa caraterística. Possui uma divisão, com uma pequena parte onde não há naturismo e outra parte mais extensa, na qual a prática é obrigatória.
Todo o litoral é incrível, portanto, além das praias que comentei, tente conhecer outras, na medida do possível - como Tabatinga, por exemplo, que também é bonita. Em suma, é um ótimo destino para quem quer conhecer o litoral do nordeste brasileiro!

- Quantos dias ficar: Os pontos famosos dá para visitar em um dia, mas o tempo de estadia depende do quanto você gosta de praia. Indico uns três dias!


- Onde ficar: Existem pousadas e hotéis em diferentes pontos da cidade. O local mais movimentado é a Praia do Coqueirinho, mas existem alguns resorts mais afastados bem confortáveis. Muitos locais possuem o título de "pousada", mas possuem um altíssimo padrão e um preço razoável!

- Transporte: Contrate um buggy por pelo menos uma tarde. Alguns dos lugares mais bonitos não são acessíveis nem a pé, nem de carro.

- Como chegar: O aeroporto mais próximo é o de João Pessoa (Aeroporto Presidente Castro Pinto), mas acredito que não seja difícil chegar dos estados de Pernambuco ou Rio Grande do Norte. Como comentei, de João Pessoa, é possível contratar um buggy, um translado ou alugar um carro. Pessoalmente, acho que carro só vale a pena se for para uma estadia curta (caso contrário, o veículo ficará parado). Pelo que me informaram, não há como chegar de ônibus na cidade.

- Moeda: Leve real em espécie, pois existem alguns estabelecimentos pequenos que não aceitam cartão e, caso você queira fazer um passeio, o valor é pago também em dinheiro.

- Locais: Vá em todas as praias que puder! Todas são incríveis, mesmo. Difícil escolher, mas as que eu mais gostei foram Jacumã, Coqueirinho e Praia do Amor. As mais famosas/ turísticas são Coqueirinho e Tambaba.

- Cuidados: Vá tranquilo, é muito seguro!

- Culinária: Muito parecido com João Pessoa ou Natal, as opções giram em torno da culinária nordestina do interior e frutos do mar, principalmente peixe e camarão.

- Preços: Os valores são bons, é possível encontrar refeições a partir de quarenta e poucos reais para duas pessoas e pagar em torno de seis reais a cerveja, por exemplo. As pousadas possuem uma ótima estrutura e não cobram um alto valor por isso. Comparando a uma praia como Pipa, é bem mais barato!

0 comentários:

Postar um comentário